Embora ame maquilhagem e tudo o que tenha a ver com o assunto, há sempre coisas que não passam pela preguiça. Ou quando passam é com muito esforço. 

Por isso mesmo decidi fazer uma pequena compilação daquelas coisas que nem sempre tenho vontade de fazer e partilhar convosco.
A primeira acredito que é partilhada por muita boa gente. Se pensaram em lavar os pincéis então acertaram em cheio. Por muita que a preguiça que eu tenha, consigo lavá-los todas as semanas (especialmente os de rosto), mas que não me importava nada que alguém o fizesse por mim, lá isso não. Então quando me dá para os lavar todos, parece que nunca mais saio do sítio.
Depois temos o primer. Seja de olhos ou de rosto, quase nunca aplico. O de olhos é mais porque desde que a minha Chocolate Bar veio morar cá para casa, não sinto tanta necessidade, mas o de rosto quase nunca uso. Talvez por aina não ter encontrado o The One, mas é algo que passa sempre na minha rotina de maquilhagem.
Esta pode não ser tão comum, mas aposto que há quem sinta a minha dor. Eu amo usar lápis – seja de olhos ou de lábios, e claro que adoro quão precisos são quando estão bem pontudinhos, mas quando chega a hora de os afiar… Basicamente, só o faço quando já não há outra opção e eles nem fazem o seu trabalho direito.
O retoque final também não mora cá em casa, ou quase nunca. O que não faz muito sentido visto que eu amo um bom eyeliner e um batom bem escuro. Mas ajeitar tudo com o correctivo, por muito que adore o efeito e ache que faz toda a diferença, é algo que quase nunca acontece.

Hidratação também é algo que é difíiiicil por aqui. Não falo da hidratação do rosto – porque essa eu faço religiosamente – mas o resto do corpo… É capaz de não ver ponta de creme durante meses a fio. Eu sei que já devia ter aprendido a lição (já tive de ir ao alergologista por pensar que tinha uma alergia qualquer pois não parava quieta. No fim, era só pele seca), mas a preguiça fala mais alto. Nem é pelo frio nem nada, é mesmo preguiça pura e dura.

E para finalizar, o tão amado curvex. Calma, eu amo curvex e uso praticamente sempre. Mas sabem aquela técnica de apertar muitas vezes e tal para fazer as nossas ricas pestanas chegarem às estrelas? Bem, isso é que eu não faço. Ou pelo menos com muita regularidade. Apesar de amar o efeito – e só eu sei o quão necessário é para mim já que as minhas pestanas são mais rectas que uma parede – eu esqueço-me. É um hábito que tenho tentado mudar, mas até lá “Ain’t nobody got time for that“.
E vocês? Quais são os passos que mais deixam passar?
Contem-me tudo nos comentários *

Follow me on Instagram @elianarssilva and on snapchat elianasilva

Seguir:
Share:

À Procura de Algo?