COMO ESTUDAR COM CALOR

Só eu sei o quanto eu sofro com o calor. Eu já disse várias vezes, mas volto a repetir. Eu viro anti-social no verão. Não saio de casa a menos que seja extremamente necessário.
Embora já não estude, eu bem sei o quão difícil era nestas alturas. Ok! Estudar nunca é fácil, mas quando vem o verão, torna-se completamente insuportável e todas as medidas são mais que necessárias. Além disso, é a altura das decisões finais, por isso torna-se ainda mais importante.
Assim, em conversa com uma amiga que me estava a dizer que não conseguia estudar, no meio de imensa divagação, cheguei a algumas ideias. Algumas delas podem parecer disparatadas – bem, para ela pareceram – embora eu não ache eheh mas mesmo assim acho que vale a pena serem partilhadas!
A primeira é bem simples: Ventoinha! Não há nada mais básico e usado por todos os que sofrem com o calor. Pode não sair muito em conta por causa da electricidade, mas há alturas em que não há mais nada a fazer.
Depois temos algo que também é básico – embora nem toda a gente o faça – e não só para estudar. Água, água, água! Beber água é sempre super importante, seja verão ou inverno, mas com o calor é obrigatório. Para além de perdermos líquidos mais facilmente, quando estamos desidratados começamos a ficar com tonturas, dores de cabeça, as mucosas também secam e ficamos bem mais cansados e sonolentos. Ou seja: tudo o que ninguém quer na hora de estudar.
Isto não é bem uma solução para enfrentar o calor, mas mais para o evitar. Estudar pela manhã ou ao fim da tarde, onde as temperaturas tendem a ser mais baixas.
E por último, aquela que pode parecer mais disparatada. Estudar na banheira ou com os pés em água fresca. À partida pode parecer estranho, mas pensem comigo: Quando está imenso calor, para onde tendemos a ir? Praia ou piscina, certo? Mas nestes locais a concentração não é lá muito boa, além disso o calor está lá na mesma. Assim, tal como há muita gente a relaxar em banhos de espuma e a ler um bom livro ou revista, porque não aproveitar e fazer o mesmo com o estudo? Claro que convém não relaxar muito, mas olhem que se me tivesse lembrado disto antes, bem que os verões em Braga não tinham sido tão penosos!
Quais são as vossas dicas para enfrentar o calor?
Partilhem comigo nos comentários*

Follow me on Instagram @elianarssilva and on snapchat elianasilva

Share: