Há marcas que nos fazem sonhar. Seja de roupa, calçado ou de beleza, há sempre uma ou outra marca que é o nosso sonho de consumo. Mas pelo preço, fica quase sempre pelo sonho.
E com todo esse mercado em ascensão, as falsificações também têm crescido, e muito. Basta procurar um bocado e encontramos Too Faced, MAC, LV e muitas outras marcas a menos de metade do preço. Falsas, claro está.
Eu sou contra as falsificações. Não uso nem tenho curiosidade. Não porque queira apoiar a marca em questão, mas simplesmente porque se não tenho dinheiro para comprar a marca, porque vou comprar algo “igual” só para dizer que tenho? Além disso há dupes magníficos que praticamente só não têm o packaging bonitinho e a marca. E como eu adoro um bom dupe.
Como é lógico, não estou aqui para julgar ninguém, mas a verdade é que há muita gente que gosta de adquirir estes produtos ditos knock off a pensar que não estão a fazer mal nenhum e apenas querem algo “de marca”, mas na verdade correm sérios riscos.
A maioria das falsificações são feitas na China ou em outros países asiáticos, onde a legislação e o controlo não são, de todo, rigorosos. Daí o preço baixo. E calma… Não estou a falar de todos os produtos asiáticos. Todos sabemos que em termos de beleza, as marcas asiáticas são excelentes, mas aí a história é outra.

Mas a verdade é que falsificações são proibidas por lei, logo a sua fabricação tem que ser feita clandestinamente, ou seja, não tem como haver controlo.

Mas o que me fez escrever este post foi umas notícias recentes que vi e que me fizeram fugir ainda mais destes produtos e tentar avisar o máximo de pessoas que conseguir.
Eu já tinha visto uma notícia – que infelizmente não consegui encontrar de novo – de alguém que experimentou produtos de maquilhagem falsificados e tinha ficado com graves alergias e outros problemas.
Só por isso já é de ter medo, mas vá, até que pode variar de pessoa para pessoa e até com produtos originais pode acontecer.
Mas depois de ver esta notícia onde foram encontrados, e preparem-se, fezes de rato, urina, arsénico ou mercúrio em produtos falsificados…. Acho que nem preciso de continuar pois não?

Eu percebo que ter algo de uma marca que desejamos muito pode ser um chamariz enorme, mas pensem bem:

  1. Na realidade, apenas estão a enganar os outros e a vocês mesmos, porque o vosso produto não é verdadeiro.
  2. dupes quase tão bons ou mesmo melhores que produtos originais e beeeem mais baratos.
  3. A vossa saúde é bem mais importante do que o status quo, não acham?
O que acham das falsificações? Têm alguma? O que vos leva a comprar?

Follow me on Instagram @elianarssilva and on snapchat elianasilva

Seguir:
Share: