BANISH SKINCARE & DERMAROLLING

Se viram o meu último post, então já devem ter percebido que eu e a minha pele temos problemas sérios. Ou melhor, eu tenho problemas sérios com a minha pele. Já perdi a conta aos produtos que experimentei e ao dinheiro que gastei. É verdade que a minha pele não é horrível, mas não me sinto, de todo, confortável.   

Uma das coisas que mais me fez ficar curiosa foi o dermarolling e a minha busca por estes pequenos aparelhos foi exaustiva. E é aqui que entra a Banish – uma marca americana, 100% natural, e que tem inúmeros fãs. Recebi quatro produtos há alguns meses, entre eles o dermaroller – ou banisher –, e desde então tenho vindo a testá-los.

// The Banish OilUm dos produtos de culto da marca. É um óleo rico em vitamina C que ajuda a criar elasticidade e colagénio e que promete uma pele mais firme, suave e uniforme. Ele é bem líquido e hidratante, mas é bem absorvido pela pele. Uso-o sempre após o banisher e sinto realmente uma pele mais saudável no geral. Sinto também diferenças a nível da uniformização do tom de pele, mas ainda nada de muito drástico. Estou a começar a usá-lo mais regularmente, mesmo misturado com outros cremes, especialmente durante o dia, e espero ver resultados em breve. A verdade é que tem fãs por todo o lado e já vi fotos com diferenças enormes.

// Activated Charcoal Clay MasqueA típica máscara de argila… Vem em pó e por isso têm de misturar com um líquido – eu uso água. A embalagem é bem pequenina, mas tem rendido bastante. O grande diferencial dela, para mim, é a suavidade que ela tem. Ela puxa bem a pele – e vocês sentem logo mal ela começa a secar – mas nunca sinto o desconforto tão grande como quando uso qualquer outra máscara de argila. Ajuda sim a manter a minha pele mais limpa, mas confesso que não é um produto que ache um must have. Acho que os resultados não são assim tão wow.

// Pumpkin Enzime MasqueDe longe, o meu favorito. Só não uso mais vezes na semana porque tenho mesmo pena que acabe. É rica em Vitamina A, Vitamina C e AHA, o que faz com que seja óptima para o acne, ajuda a esfoliar a pele, uniformizar o tom da pele… Enfim, um monte de coisas maravilhosas e que realmente tenho notado que o faz. Mal a colocam, ela começa a arder bastante. É perfeitamente normal e passa após 1 minuto ou 2, mas fica o aviso. O resultado faz com que valha a pena.

// BanisherO rolo com micro agulhas que tem conquistado fãs um pouco por todo o lado. Eu vou fazer um post a falar mais sobre este processo, com cuidados a ter e afins. Mas basicamente, esta ”ferramenta” perfura a pele, ajudando-a a regenerar mais rapidamente e facilmente. Dependendo do tamanho das agulhas, os resultados prometidos são diferentes. No meu caso, senti imediatamente o meu tom de pele mais uniforme. Costumava ter a pele mais vermelha em geral e atenuou bastante. Quanto às marcas, senti que também diminuíram imenso. Como, devido as minhas intolerâncias, ainda ganho borbulhas ocasionais e elas deixam sempre marcam, não deixei de as ter, mas sem dúvida que as mais antigas também desvaneceram significativamente.  O único defeito que aponto a este banisher é o facto de não ter o tamanho das agulhas destacados – coisa que acho que deveria ser obrigatória. Ou pelo menos que eu tenha encontrado.

Posso dizer que fiquei fã. Embora ainda não tenha percebido nenhum milagre na minha pele, a verdade é que a condição geral melhorou bastante, especialmente no quesito de tom e marcas, que é o que mais me incomoda actualmente. A marca é vegan 100% natural, o que faz com que ainda goste mais. 

Follow me on Instagram @elianarssilva and on snapchat elianasilva