Dentes brancos, quem não gosta?

O meu sorriso é algo que não gosto propriamente, e é raro “sorrir com os dentes todos” como se costuma dizer, mas nem por isso descuro a parte estética dos mesmos, obviamente! Nunca tive os dentes super brancos, mas também nunca foram muito amarelos. São normais. Branqueamento também foi coisa que nunca fiz, mas que está nos planos. Mas até lá há que ir arranjando soluções para ir mantendo os dentes com uma cor bonita, não é verdade? E quando a Carbon Coco me contactou para me mandar os produtos, fiquei super curiosa, ainda para mais pela sua formulação. Os produtos contêm carvão activado, que deriva da casca do coco, e que é conhecido por remover toxinas do corpo (há até cápsulas de carvão activado que algumas pessoas ingerem), e neste caso promete ajudar contra as bactérias na boca e até na formação da placa!

Confesso que não estava à espera de milagres, de passadas umas semanas sair com uns dentes mais brancos que uma folha de papel. Afinal acho que isso apenas é conseguido em consultórios e olha lá, mas que fiquei expectante fiquei!

Os produtos que recebi foram uma escova dos dentes, o tooth polish e a pasta de dentes. A escova é boa, super suave, por isso quem tem os dentes mais sensíveis vai gostar pela certa. Eu usei quase sempre a minha que já tinha, mas é sem duvida uma boa escova. O polish, embora a promessa fosse óptima, não usei tanto. Não achei muito pratico e suja bastante a bancada, bem como os dentes. Claro que são facilmente, mas é um cuidado extra a ter. No entanto, às vezes que usei, notei que ajudava a “alisar” os dentes, se é que em faço entender. Senti que estavam mais limpos.
Já a pasta gostei bastante. Também é preta, mas não mancha em nada os dentes (ao lavarem os dentes, a espuma começa a ficar branca e é como se fosse uma pasta normal), deixa uma sensação bem fresquinha – que eu adorei – e que nos faz acreditar que fizemos uma higiene bem feita!

Os resultados, que são o mais importante…
Tal como esperava, não fez milagres. No entanto achei que realmente ajudou a neutralizar algum amarelado nos meus dentes (notei principalmente quando comia alguma comida que manchasse mais os dentes ou chá mais forte). Para quem procura uma opção para ajudar a prevenir o amarelamento (será isto uma palavra?) é uma óptima opção e realmente vi resultados, no entanto se querem algo que vos de um sorriso a lá Hollywood, não vai ser o suficiente. Mas é divertido, tem um proposta super interessante, e bons ingredientes!

Podem adquirir o kit igual ao meu aqui!

Seguir:

O fim de semana está aí e se ainda não têm planos, eu vou-vos dar 3 sugestões pelas quais me podem agradecer mais tarde eheh
Há sugestões para quem quer relaxar no sofá e até mesmo para quem quer aprender mais sobre este mundo digital e valorizar mais a sua marca (caso seja o caso). Vamos lá a eles…

// #TeiaDoEfeito Se ainda não conhecem as irmãs Alcântara, andam a perder bastante. Elas são brasileiras, têm uma marca de bolsas e maquilhagem e já há quem as considere as “Kardashian Brasileiras”. É preciso dizer mais? Tudo o que ela têm começaram-no do 0 e se há pessoas que preferem esconder o segredo do seu sucesso, elas decidiram partilhar. A Teia do Efeito é um workshop introdutório sobre branding e posicionamento, especialmente no online… Ainda estou bem no início, mas pelo que até agora e pelo planeamento pareceu-me bem bom e fácil de entender (bem que podia ter havido isto quando eu andava a tirar o meu curso) e, mesmo que vocês não tenham nenhuma marca ou ideia de negócio, acho que vão gostar de saber um pouco mais. Além disso é gratuito, mas termina já dia 18, por isso corram! Depois disso há um curso online, bem mais completo, mas aí já será pago! Têm toda a informação no site.

// La Casa de Papel Deixei-me levar pelo mais recente fenómeno do mundo das séries! E ainda bem que o fiz. Se ainda não conhecem a série, têm de ver – e se ainda não conhecem nem sabem do que fala, hello!! Onde têm andado? – vou deixar-vos aqui o trailer para vos aguçar o apetite e verem um bocadinho do que fala. Mas é aquela série que vos vai dar a volta à cabeça, que não vão saber se as coisas estão a correr bem ou não – e quando acharem que está a ir por um caminho, é provável que seja exactamente o oposto – e mais que tudo, vai-vos pôr a torcer pelos “maus da fita”, isso tenho a certeza.

// Dia do Pai Tecnicamente o Dia do Pai é só segunda, mas quem disse que não pode ser celebrado antes? Há quem trabalhe, tenha escola, ou qualquer outro compromisso e então o fim de semana é a altura perfeita para o fazer!

Seguir:

My Birthday is around the corner! E oh se está! E oh se este ano me está a causar um freak out daqueles jeitosos. But anyway…
Aniversariante que se prese, ou pessoa no geral com algum interesse na vida, tem sempre alguns produtos debaixo de olho para cada ocasião, e de momento esta é a minha. Afinal não é sempre que se comemora 1/4 de século!
Como já devem ter percebido, ando um bocadinho obcecada com acessórios. No meu dia-a-dia não sou de usar muito, mas desde que fiz mais 3 furos na orelha assim do nada, no final do ano passado, que me deu para usar brincos (e olhem que não pegava em brincos há anos). Os colares vieram por acréscimo.
Começando pelos últimos, uns que me têm enchido os meus ricos olhinhos são os da Cinco. Acredito que já todos conheçam a marca e os produtos, afinal andam em meio mundo – e por uma óptima razão – e o difícil é mesmo escolher. Passei tempos infinitos a tentar escolher um favorito e fui pelo Gingerum dos mais famosos. Mas podendo tinha já 3 ou 4! Da Cinco também, vi estes brincos que adorei. São simples e clássicos, mas com um toque que lhes dá um extra especial. Óptimos para qualquer estilo e ocasião.
Ainda em brinco, mas desta vez da Stone by Stone, encantei-me por estes dois modelos. O meu favorito de todos é o mix de malha aço, acho super gira a mistura, mas os outros de roda martelada também são amazing!
Mudando de tema, mas continuando ao mesmo tempo, afinal podemos classificar tudo como fashion, estão as Old Skool da Vans. E que nome mais apropriado, dado que elas rebentaram o ano passado e agora já está a passar um bocadinho a febre. Sempre gostei delas, mas honestamente nunca vi necessidade ou aquela vontade imensa de as ter. Mas ultimamente, sempre que as vejo em alguém, sinto que iam ficar tão bem no meu armário.
Lastly, o telemóvel. Não digo que será exactamente este ou que será propriamente para o meu aniversário, mas é algo que quero dar a mim própria. O meu já está a dar as últimas, preciso de carregar imensas vezes durante o dia, e já não está viável. Isso e o computador, mas vamos um passo de cada vez! 
Seguir:

Estive na Holanda há qusase 2 anos! Passei lá uns dias depois da minha visita e Geneve, onde me dividi por Amesterdão, Utrecht e Roterdão!

Não sei se foram os dias da viagem que já se acumulavam, o dia que estava mais cinzento, ou o facto de ter estado sozinha lá que me fizeram dizer que “Amesterdão não me encantou”. E a verdade é essa. Não lhe vi o encanto de que muita gente falava, talvez pelos motivos que vos falei acima, talvez pela pressa em conhecer o máximo num único dia, ou ter ido sem roteiro!

Mas a verdade é que, passado este tempo, cada vez que vejo imagens ou relatos de alguém que lá foi, dá-me aquela nostalgia de querer voltar e tentarencontrar o que muitos lá encontram – e não, não estou a falar dos Coffee Shops ou da Red light district, isso eu vi!

Continua a não ser um destino prioritário quando tento planear alguma viagem, mas começa a surgir a vontade de lá regressar!

Estará na hora de começar a pensar mais a fundo?!

 

Seguir:

Já partilhei convosco o meu amor pela Foreo – mais precisamente pelo play, que era o que tinha anteriormente – aqui
Por isso, quando há uns meses recebi da marca o Luna Mini 2 para testar, devem imaginar a minha felicidade. Saltos de felicidade podem ter ocorrido também!
Desde então, e até há cerca de 3 meses, usei-o  religiosamente praticamente todos os dias e o feedback que tenho não podia ser melhor! Spoiler Much? Apenas deixei de o usar tão regularmente quando comecei o tratamento da Isotretinoína para me dedicar mais à rotina passada pela dermatologista e para ver como corria sem “outras interferências”. Mas já vos posso adiantar que mesmo quando a minha pele estava mais sensível, conseguia usá-lo sem qualquer problema ou irritação. Bonus Points para isso!
Um dos contras do play é que eu senti que ele foi perdendo a intensidade à medida que o ia usando. Continuo a achar óptimo para experimentar e até para levar em viagem, mas bem que podia durar o tempo todo com a mesma intensidade, não é mesmo?

Quando experimentei este pensei que já não poderia ficar mais surpreendida, mas enganei-me. Realmente senti a diferença em termos de eficácia, e adoro o facto dele ter várias intensidades – 8 para ser mais precisa –, que podem ser ajustadas consoante as vossas necessidades ou até estados da pele – geralmente fico-me pela média, mas de vez em quando vou alternando.
O tamanho também é super bom! Não é enorme, mas tem o tamanho ideal para ser ergonomicamente muito confortável e para cobrir uma área do rosto bem mais generosa.
Ah! E ele dá sinal quando for para mudar de área (testa, maçãs do rosto e queixo e nariz).
Outro ponto super positivo é a duração da bateria dele. Durante mais de 4 meses usei-o todos os dias, de manhã e à noite e, ainda hoje ainda não precisei de carregar novamente! Apple, vamos aprender alguma coisa?
Escusado será dizer que acho que, caso estejam interessados em comprar, go for it! É caro, sim. Mas vai durar-vos uma vida. Além disso, os resultados são muito bons (e olhem que eu em termos de pele sou bem picuinhas). Noto a minha pele mais suave, a absorção dos produtos é notoriamente facilitada e é uma delícia de usar. Ainda hoje, mesmo com o tratamento, se noto que a minha pele está num dia não, uso-o e noto que fica com outra aparência. Mais uma vez, os produtos penetram mais facilmente na pele e realmente sinto que são mais eficazes.

Podem encontrá-lo no site oficial, na LookFantastic e nas Perfumarias Douglas! 

Seguir:

O que mais poderia fazer um Domingo ficar ainda melhor?!
As panquecas são daquelas coisas que todos fazemos e são sempre bem. Há das mais simples às mais complexas, das mais saborosas às mais normais, mas saem sempre bem! 

Bem, pelo menos para a maioria das pessoas. Todas as vezes que tentei fazer, não me perguntem porquê, saiam sempre salgadas! E não, não confundia o sal com o açúcar.

Tinha desistido até que vi estas aqui e decidi dar uma segunda oportunidade. Fiz algumas modificações, para ficar mais simples, mas ficaram tão boas, tão fofas, que tinha de partilhar convosco! Além disso acabam por ser um bocadinho mais saudáveis já que não é adicionado açúcar e é uma versão sem lactose e glúten, que muita gente prefere!

Vamos aos ingredientes:

  • 3 ovos
  • 125ml de leite de amêndoa
  • 100g de farinha (uso sem glúten, mas podem usar qualquer uma, até farinha de coco ou qualquer que gostem)
  • 1 ou 2 colheres de manteiga de amêndoa (normalmente uso 2)
  • 1 colher de chá de vinagre de maçã

Algumas quantidades vejo mais ou menos a olho, até atingir a textura que mais gosto!

Para a preparação também é bem simples:

Misturam os ovos e o leite e misturam bem. Depois adicionam a manteiga de amêndoa e o vinagre de maçã e voltam a misturar até ficar homogêneo. Por fim, a farinha e… adivinharam, misturam tudo até ficar bem misturadinho!

Enquanto isso, colocam o tacho a aquecer (eu uso óleo de coco para untar) e quando estiver bem quentinho, é começar a magia!

Seguir: